Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
4 julho 2012

O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) dá as boas vindas aos professores Michel Mayor, Joseph Silk e Thierry Montmerle, do conselho consultivo do CAUP.

Durante os próximos dias o conselho consultivo irá analisar a prestação científica do CAUP e a sua intervenção em formação e divulgação científica. Para tal, foram convidados a integrar esse conselho alguns dos maiores especialistas mundiais das diversas áreas nas quais o CAUP desenvolve investigação.

Michel Mayor foi diretor do Observatório de Genebra e é o pai da deteção de planetas extrassolares tendo descoberto, em 1995, o primeiro exoplaneta, a orbitar uma estrela semelhante ao Sol, a estrela 51 do Pégaso.

Joe Silk, foi o Savilian Professor of Astronomy, na Universidade de Oxford, sendo um dos maiores peritos em cosmologia e formação de galáxias. Um efeito cósmico no Universo primordial tem o seu nome – Silk damping.

Thierry Montmerle foi diretor do Laboratório de Astrofísica de Grenoble e integra o Comité Executivo da União Astronómica Internacional (UAI), tendo dado grandes contributos para a compreensão dos mecanismos de formação e evolução de estrelas jovens.

Com base na análise e nas sugestões do conselho consultivo, o CAUP procura traçar e reforçar a sua estratégia de investigação e desenvolvimento para os próximos anos.



Mais informações:
Página na UAI dos membros do conselho consultivo do CAUP: O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) foi criado em maio de 1989 e iniciou as atividades em outubro de 1990. É uma associação científica e técnica privada da Universidade do Porto, sem fins lucrativos e reconhecida de utilidade pública. Inscreve entre os seus objetivos apoiar e promover a Astronomia através da investigação científica, da formação ao nível pós-graduado e universitário, do ensino da Astronomia ao nível não universitário (básico e secundário) e da divulgação da ciência e promoção da cultura científica.
Desde 2000 que é avaliado como "Excelente" por painéis internacionais, organizados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).
1. Prof. Michel Mayor
2. Prof. Joseph Silk
3. Prof. Thierry Montmerle