Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube
Centro de Astrofísica da Universidade do Porto

GAIA - Participação Nacional no Consórcio para a Análise e Processamento de Dados (DPAC) (GAIA)

PDCTE/CTE-AST/81711/2003

Investigador responsável
André Almeida (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Portugal)

Investigador responsável no CAUP
Margarida S. Cunha

GAIA é uma missão base da Agência Espacial Europeia que efectuará um censo de mil milhões de estrelas na nossa Galáxia para abordar vários problema chave da astrofísica estelar, formação, evolução e estrutura da Via Láctea e muitos outros tópicos incluindo a detecção de matéria escura, planetas extra-solares e objectos próximos da Terra. O lançamento de GAIA está agendado para 2011 e observará cada alvo cerca de 100 vezes ao longo de 5 anos. O processamento e análise da vasta quantidade de dados produzidos pela missão será um enorme desafio. Este é o papel do GAIA Data Processing & Analysis Consortium (DPAC) – uma grande estrutura internacional que envolve aproximadamente 300 investigadores.

Em Março de 2006 foi construido um consórcio com vista à participação coordenada de investigadores e instituições portuguesas no programa científico da Agência Espacial Europeia (ESA). O ‘Consórcio Português para a Astronomia da ESA’ (CPAE) é uma estrutura informal que inclui de momento 7 centros de investigação e 3 companhias privadas. Nestes poucos meses, a actividade do CPAE já resultou no envolvimento da comunidade portuguresa em GAIA. Como resultado dos contactos e acordos estabelecidos entre membros do CPAE e administradores do DPAC, a participação em várias tarefas já começou. Com esta proposta, requeremos fundos necessários para financiar a participação portuguesa no DPAC de GAIA durante os 3 primeiros anos.

Instituição financiadora
Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Início: 1 setembro 2007
Fim: 31 dezembro 2011


Fundação para a Ciência e Tecnologia

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço é (IA) é uma nova, mas muito aguardada, estrutura de investigação com uma dimensão nacional. Ele concretiza uma visão ousada, mas realizável para o desenvolvimento da Astronomia, Astrofísica e Ciências Espaciais em Portugal, aproveitando ao máximo e realizando plenamente o potencial criado pela participação nacional na Agência Espacial Europeia (ESA) e no Observatório Europeu do Sul (ESO). O IA é o resultado da fusão entre as duas unidades de investigação mais proeminentes no campo em Portugal: o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Atualmente, engloba mais de dois terços de todos os investigadores ativos em Ciências Espaciais em Portugal, e é responsável por uma fração ainda maior da produtividade nacional em revistas internacionais ISI na área de Ciências Espaciais. Esta é a área científica com maior fator de impacto relativo (1,65 vezes acima da média internacional) e o campo com o maior número médio de citações por artigo para Portugal.

Continuar no sítio do CAUP|Seguir para o sítio do IA