Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
4 julho 2005

Após 172 dias e 431 milhões de quilómetros a sonda Deep Impact alcança o seu objectivo. Às 6h52m, hora de Portugal continental, ocorreu a colisão entre a carga impactor e o cometa 9P/Tempel 1.

A sequência de imagens foi obtida com a câmara de alta resolução do telescópio espacial Hubble. A imagem da esquerda foi obtida cerca de um minuto antes do impacto, as outras duas logo após.

Na imagem do meio podemos ver que o cometa ficou cerca de 4 vezes mais brilhante, a camada de gás e poeira envolvente teve um incremento de cerca de 200 quilómetros no seu tamanho.

A imagem da direita foi obtida 62 minutos após a colisão. Vemos que o material, ejectado aquando do impacto, foi-se espalhando em forma de leque até cerca de 1 800 quilómetros de distância do núcleo, a uma velocidade de cerca de duas vezes a de um avião comercial.

Enquanto se aguarda os resultados científicos, pode ver filmes e imagens nas páginas sobre o Deep Impact.

Informações adicionais
http://www.esa.int/esaCP/SEMOOY5DIAE_index_0.html

A sequência de imagens obtida com a câmara de alta resolução do telescópio espacial Hubble