Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
31 julho 2008

Uma equipa de investigadores europeus descobre o primeiro planeta extra-solar com período orbital igual ao período de rotação da estrela. Os Astrónomos usaram dados recolhidos pelo observatório espacial CoRoT.

O planeta agora descoberto, CoRoT-Exo-4b, é gasoso como Júpiter, tem uma massa um pouco menor (0,72 massas de Júpiter), mas uma raio maior (1,17 raios de Júpiter). O período de translação é de 9,2 dias, o que o torna um dos planetas extra-solares conhecidos de maior período. Nos últimos meses a equipa do CoRoT tem monitorizado a estrela em causa, registando as pequenas variações na luz recebida da estrela provocadas pela passagem de regiões escuras da superfície da estrela (manchas estelares). Deste modo, determinaram que o seu período de rotação é de 9,2 dias. Observações complementares indicam que a estrela tem uma massa um pouco superior ao nosso Sol (1,16 massas solares).

O CoRoT (COnvection, ROtation and planetary Transits) foi lançado em Dezembro de 2006, é um observatório espacial construído pelo CNES, cujo objectivo é estudar o interior das estrelas através da observação da sua actividade sísmica e simultaneamente procurar novos sistemas planetários pelo método dos trânsitos, observando as pequenas variações no brilho que ocorrem sempre que um planeta passa em frente do disco de uma estrela. Nesta missão colaboraram diversos investigadores do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto, da equipa de Origem e Evolução de Estrelas e Planetas, no desenvolvimento de ferramentas de análise da actividade sísmica das estrelas.

1. Observatório CoRoT (© CNES) 2. Curva de luz da estrela (© Aigrain et al. 2008)