Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
26 maio 2008

Após uma viagem de 680 milhões de quilómetros, a sonda da NASA Phoenix pousou esta madrugada na superfície árctica do planeta Marte.

Os últimos 7 minutos desta viagem de 10 meses, que teve início a 4 de Agosto de 2007, foram os mais críticos. A sonda precipitou-se, através da fina atmosfera marciana, a uma velocidade de 21.000 km/h, que foi reduzida com a ajuda de um pára-quedas e vários propulsores.

Os painéis solares que vão carregar as baterias da sonda, ao longo da sua missão de 3 meses, já foram abertos com sucesso e a sonda espacial já enviou para a Terra as sua primeiras fotografias.

A Phoenix é composta por vários instrumentos, entre os quais se encontra um braço robotizado, que será usado para obter amostras do solo marciano. Estas amostras serão depois analisadas por um laboratório que a Phoenix alberga. O objectivo da missão é perceber quais as condições químicas do solo nesta região do planeta vermelho.

Para mais informações
http://www.nasa.gov/mission_pages/phoenix/main/index.html




* Copyright NASA/JPL-Caltech/University of Arizona


1. Visão de 1 dos 3 pés da sonda Phoenix*
2. As vastas planícies*
3. Padrão poligonal do solo que rodeia a sonda Phoenix*
4. Na imagem vemos 1 dos painéis solares da Phoenix*