Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube
Centro de Astrofísica da Universidade do Porto

Characterizing the smallest planet hosts

IF/00849/2015/CP1273/CT0003

Investigador responsável
Elisa Delgado Mena

The determination of accurate and precise stellar parameters and chemical abundances of M dwarfs is of prime importance to study the Galactic chemical evolution since they are the most abundant in the Galaxy. Moreover, M dwarfs are excellent targets for the search of small planets due to their lower mass. However, to characterize the mass, radius and bulk composition of a planet we need to have the more  precise parameters and chemical composition of its host star. The goal of this project is to better characterize this population of poorly known stars in order to achieve the previous issues by using high resolution NIR spectra.

Instituição financiadora
Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Início: 1 janeiro 2017
Fim: 31 dezembro 2021


Fundação para a Ciência e Tecnologia

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço é (IA) é uma nova, mas muito aguardada, estrutura de investigação com uma dimensão nacional. Ele concretiza uma visão ousada, mas realizável para o desenvolvimento da Astronomia, Astrofísica e Ciências Espaciais em Portugal, aproveitando ao máximo e realizando plenamente o potencial criado pela participação nacional na Agência Espacial Europeia (ESA) e no Observatório Europeu do Sul (ESO). O IA é o resultado da fusão entre as duas unidades de investigação mais proeminentes no campo em Portugal: o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Atualmente, engloba mais de dois terços de todos os investigadores ativos em Ciências Espaciais em Portugal, e é responsável por uma fração ainda maior da produtividade nacional em revistas internacionais ISI na área de Ciências Espaciais. Esta é a área científica com maior fator de impacto relativo (1,65 vezes acima da média internacional) e o campo com o maior número médio de citações por artigo para Portugal.

Continuar no sítio do CAUP|Seguir para o sítio do IA