Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube Siga-nos no Google+
Artigos na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences”
Número de registos: 1

L. Gizon, J. Ballot, E. Michel, T. Stahn, G. Vauclair, H. Bruntt, P.-O. Quirion, O. Benomar, S. Vauclair, T. Appourchaux, M. Auvergne, A. Baglin, C. Barban, F. Baudin, M. Bazot, T. L. Campante, C. Catala, W. J. Chaplin, O. L. Creevey, S. Deheuvels, N. Dolez, Y. Elsworth, R. A. García, P. Gaulme, S. Mathis, S. Mathur, B. Mosser, C. Régulo, I. W. Roxburgh, D. Salabert, R. Samadi, K. H. Sato, G. A. Verner, S. Hanasoge, K. R. Sreenivasan, 2013,
Seismic constraints on rotation of Sun-like star and mass of exoplanet,
Proceedings of the National Academy of Sciences, 110, 13267-13271

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço é (IA) é uma nova, mas muito aguardada, estrutura de investigação com uma dimensão nacional. Ele concretiza uma visão ousada, mas realizável para o desenvolvimento da Astronomia, Astrofísica e Ciências Espaciais em Portugal, aproveitando ao máximo e realizando plenamente o potencial criado pela participação nacional na Agência Espacial Europeia (ESA) e no Observatório Europeu do Sul (ESO). O IA é o resultado da fusão entre as duas unidades de investigação mais proeminentes no campo em Portugal: o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Atualmente, engloba mais de dois terços de todos os investigadores ativos em Ciências Espaciais em Portugal, e é responsável por uma fração ainda maior da produtividade nacional em revistas internacionais ISI na área de Ciências Espaciais. Esta é a área científica com maior fator de impacto relativo (1,65 vezes acima da média internacional) e o campo com o maior número médio de citações por artigo para Portugal.

Continuar no sítio do CAUP|Seguir para o sítio do IA