Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube
Centro de Astrofísica da Universidade do Porto

Unveiling the Dynamics of the Universe

P. P. Avelino, T. Barreiro, C. S. Carvalho, A. C. da Silva, F. S. N. Lobo, P. Martín-Moruno, J. P. Mimoso, N. J. Nunes, D. Rubiera-Garcia, D. Sáez Gómez, L. Sousa, I. Tereno, A. M. M. Trindade

Resumo
We explore the dynamics and evolution of the Universe at early and late times, focusing on both dark energy and extended gravity models and their astrophysical and cosmological consequences. Modified theories of gravity not only provide an alternative explanation for the recent expansion history of the universe, but they also offer a paradigm fundamentally distinct from the simplest dark energy models of cosmic acceleration. In this review, we perform a detailed theoretical and phenomenological analysis of different modified gravity models and investigate their consistency. We also consider the cosmological implications of well motivated physical models of the early universe with a particular emphasis on inflation and topological defects. Astrophysical and cosmological tests over a wide range of scales, from the solar system to the observable horizon, severely restrict the allowed models of the Universe. Here, we review several observational probes -- including gravitational lensing, galaxy clusters, cosmic microwave background temperature and polarization, supernova and baryon acoustic oscillations measurements -- and their relevance in constraining our cosmological description of the Universe.

Palavras chave
Astrophysics - Cosmology and Nongalactic Astrophysics, General Relativity and Quantum Cosmology

Universe
julho 2016

>> PDF>> ADS>> DOI

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço é (IA) é uma nova, mas muito aguardada, estrutura de investigação com uma dimensão nacional. Ele concretiza uma visão ousada, mas realizável para o desenvolvimento da Astronomia, Astrofísica e Ciências Espaciais em Portugal, aproveitando ao máximo e realizando plenamente o potencial criado pela participação nacional na Agência Espacial Europeia (ESA) e no Observatório Europeu do Sul (ESO). O IA é o resultado da fusão entre as duas unidades de investigação mais proeminentes no campo em Portugal: o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Atualmente, engloba mais de dois terços de todos os investigadores ativos em Ciências Espaciais em Portugal, e é responsável por uma fração ainda maior da produtividade nacional em revistas internacionais ISI na área de Ciências Espaciais. Esta é a área científica com maior fator de impacto relativo (1,65 vezes acima da média internacional) e o campo com o maior número médio de citações por artigo para Portugal.

Continuar no sítio do CAUP|Seguir para o sítio do IA