Mapa do Site
Contactos
Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Canal YouTube
Centro de Astrofísica da Universidade do Porto

A Combined Astrometric and Spectroscopic Study of Metal-Poor Binaries

L. Benamati, A. Sozzetti, N. C. Santos, D. W. Latham

Resumo
In this work we present a study of binary systems in a metal-poor sample of solar type stars. The stars analyzed were rejected from two planet search samples because they were found to be binaries. Using available radial velocity and Hipparcos astrometric data, we apply different methods to find, for every binary system, a possible range of solutions for the mass of the companion and its orbital period. In one case we find that the solution depends on the Hipparcos data used: the old and new reductions give different results. Some candidate low-mass companions are found, including some close to the brown dwarf regime.

Publications of the Astronomical Society of the Pacific
Volume 125, Página 1315
novembro 2013

>> PDF>> ADS>> DOI

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço é (IA) é uma nova, mas muito aguardada, estrutura de investigação com uma dimensão nacional. Ele concretiza uma visão ousada, mas realizável para o desenvolvimento da Astronomia, Astrofísica e Ciências Espaciais em Portugal, aproveitando ao máximo e realizando plenamente o potencial criado pela participação nacional na Agência Espacial Europeia (ESA) e no Observatório Europeu do Sul (ESO). O IA é o resultado da fusão entre as duas unidades de investigação mais proeminentes no campo em Portugal: o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e o Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL). Atualmente, engloba mais de dois terços de todos os investigadores ativos em Ciências Espaciais em Portugal, e é responsável por uma fração ainda maior da produtividade nacional em revistas internacionais ISI na área de Ciências Espaciais. Esta é a área científica com maior fator de impacto relativo (1,65 vezes acima da média internacional) e o campo com o maior número médio de citações por artigo para Portugal.

Continuar no sítio do CAUP|Seguir para o sítio do IA